Time de vôlei feminino de Curitiba tem surto de coronavírus — Foto: Divulgação

Mais uma equipe do vôlei brasileiro foi afetado pelo surto de coronavírus no elenco. O técnico do time de Curitiba, Pedro Moska, e as jogadoras Ivna, Pietra, Ju Perdigão e Mari Aquino estão com sintomas leves e isolados.

Com isso, a partida contra o Minas, pela Superliga, que seria realizada na sexta-feira, além do confronto com o Osasco, pela Copa Brasil, que seria no dia 19, serão adiadas.

– Éramos uma das poucas equipes sem casos no elenco. No dia do jogo de Bauru algumas relataram que não tinham se sentido bem. Em respeito a Bauru, antecipamos os testes para o dia 11 e três deram positivo. Jogamos desfalcados, e era óbvio que teríamos mais casos. Na madrugada após o jogo, eu e a Mari ja nos sentimos mal e também testamos positivo – contou Moska.

O treinador lamentou o adiamento das partidas.

– Infelizmente teremos que adiar jogos, até agora tivemos alguns jogos reprogramados por casos em outros times, e agora é por nossa vez. Era quase inevitável passarmos ilesos, mesmo todo mundo se cuidando, bem isolado, usando álcool gel o tempo todo, com máscara, etc. Eu saio do treino pra casa e casa pro treino, sem fazer nada. Espero que todos melhorem o quanto antes, pois a saúde é o mais importante. Sinto calafrios a noite, pouca dor no corpo e febre. Agora temos que observar os sintomas e esperar – concluiu o técnico.

Fonte: G1