Em MT, jovem tenta se aproximar de pai ausente e é abusada sexualmente por ele

O pai tem 76 anos e tentou se aproveitar da tentativa de aproximação da filha, para cometer o abuso

Não precisa ser um desconhecido, a partir do "não" já é estupro (Imagem ilustrativa)

Uma jovem de 20 anos sofreu uma grande decepção nesse domingo (13), em Cuiabá, ao tentar se aproximar de seu pai biológico, de 76 anos, que sempre foi ausente em sua vida, e acabar sofrendo um abuso sexual da parte dele.

A jovem sentia a necessidade de uma presença paterna em sua vida e, para tentar se aproximar aos poucos, marcou de passar o final de semana na casa do pai.

Nesse domingo, porém, enquanto ela tomava sol, ele se ofereceu para passar protetor solar nela e aproveitou para tocar nos seios da filha, que pediu que o pai parasse.

Depois, ele viu que a filha estava com um pelo pubiano encravado e pegou uma pinça para tirar. Mas usou isso como desculpa e passou a mão nas partes íntimas da filha e beijou o órgão genital dela.

Ela o mandou parar e ele tentou beijar de novo. A jovem, então, ligou para a mãe, contou o ocorrido, pediu ajuda e foi orientada a chamar um motorista de aplicativo e ir embora para casa.

Depois, a vítima procurou a polícia e denunciou o pai por importunação sexual e praticar contra alguém, e sem a sua anuência, ato libidinoso, com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiros.


Fonte: O Livre