Foto: Olhar Direto / Entrevista Governador Mauro Mendes

O governador Mauro Mendes (DEM) disse que respeita a opinião do ex-ministro e amigo pessoal Blairo Maggi (Progressistas) e declarou pela primeira vez que irá votar e apoiar o vereador e candidato à prefeitura de Cuiabá, Abílio Júnior (Podemos), durante evento no Palácio da Justiça, nesta quinta-feira (19).

“O meu voto é do Abílio e meu apoio também”, disse o governador ao ser questionado se irá abraçar a campanha do vereador, que enfrenta o seu inimigo político Emanuel Pinheiro (MDB), no segundo turno da disputa pela prefeitura de Cuiabá.

O chefe do Executivo Estadual ainda comentou que os servidores do Estado, que hoje anunciaram apoio a candidatura de Emanuel Pinheiro, estão no direito deles e afirmou que respeita a opinião do amigo Blairo Maggi em apoiar o prefeito, mas minimizou sua manifestação, por seu domicílio eleitoral ser em Rondonópolis.

“É um direito que eles [servidores] tem. Todo mundo tem o direito de apoiar quem quiser… Não falei com o Blairo e vi só foto, mas ele nem vota aqui. Eu respeito a opinião do Blairo e a de qualquer um. Isso faz parte da democracia, porém, eu, Mauro Mendes, como cidadão e como governador, não apoio quem está amplamente envolvido em esquema de corrupção”, declarou.

Mais votado no primeiro turno, quando tinha o apoio somente do partido Cidadania, do candidato a vice Felipe Wellaton, Abílio tem recebido nos últimos dias uma grande quantidade de apoio como dos candidatos derrotados Roberto França (Patriota), Aécio Rodrigues (PSL), Gisela Simona (Pros) e do partido Democratas, do governador Mauro Mendes.

Desentendimento com Botelho

O governador também minimizou algum atrito de Abílio com o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (DEM), que no primeiro turno declarou que o vereador é incapaz de governar a capital. Para Mendes, o deputado estadual é um dos maiores políticos do Estado e que o Abílio entende isso.

Fonte: Olhar Direto