Foi suspensa a manifestação a favor do presidente da República, Jair Bolsonaro, que ocorreria neste domingo, dia 15 de março, em Cuiabá e outras 11 cidades de Mato Grosso.

O quadro de contaminação pelo coronavírus (Covid-19) levou o próprio presidente a determinar o adiamento do evento para uma data ainda sem previsão.

“Perdeu o foco, o evento. Essa situação do coronavírus está deixando o país numa situação muito perigosa. Então, por ordem direta, de cima para baixo, nós vamos adiar a manifestação”, disse o deputado estadual Silvio Fávero a reportagem.

Um dos organizadores do evento, o parlamentar afirma que a suspensão não tem relação com a crise entre Poderes em Brasília. O apoio de Bolsonaro à manifestação causou um certo mal-estar com o Congresso, que seria o principal alvo das queixas dos manifestantes.

Usando máscara facial, o presidente pediu, em vídeo divulgado nessa quinta-feira (12), para que seus apoiadores não comparecerem às manifestações.

PARTE 1:- Live de quinta-feira com o Presidente Bolsonaro:. Temas: – Coronavirus com o Ministro da Saúde; – Acordo militar com os EUA; – Quando solicitada, seguindo a lei, cidades estão tendo ajudas do Governo Federal em caso de calamidades com chuvas: cidades de SP, MG, ES e outras;- Sexta queda consecutiva dos preços do petróleo, sendo mais de 20% baixados nas refinarias;- Liberdade de pensamentos e manifestações; – Orçamento engessado, contudo vamos cuidando do Brasil;- Trabalho constante dos Ministérios;- Indicação de Ministro do STF e a confiança no Presidente.. Link no youtube: https://youtu.be/ZLIUvoZDSFc

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, March 12, 2020

00

O presidente está com o quadro de saúde monitorado desde que foi confirmada a contaminação por coronavírus do chefe da Secretaria de Comunicação do governo federal, Fábio Wajgarten.

Mesmo assim, um grupo paralelo ainda deve fazer passeata de carro e moto em Cuiabá.


Fonte: O Livre