O prefeito Emanuel Pinheiro, que lidera índice de rejeição em Cuiabá: Divulgação

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que foi reeleito no segundo turno, neste domingo (29), respondeu à imprensa sobre as especulações de que ele possa disputar o Governo do Estado em 2022, alegando que “só se for vontade de Deus”.

“Eu vou cumprir os quatro anos, só se Deus tiver um projeto para minha vida diferente e, eu como cristão sigo os desígnios de Deus como sempre falei para vocês”, explica o prefeito.

“Como falei em 2016 e, repito agora, sou candidato a ‘prefeitar’. Amo ser prefeito de Cuiabá e trabalho 24 horas por dia, sete dias na semana. Com a graça de Deus e o voto do povo cuiabano, se vier ocorrer, e me deram a oportunidade de ser prefeito por mais quatro anos vou cumprir os quatros, e quero ser prefeito pelos quatros anos. Salvo uma vontade maior, uma vontade lá de cima”, afirmou ainda antes do resultado das urnas no segundo turno.

Fonte: Repórter MT