Vereador exige frota 100% climatizada em Cuiabá

O vereador Dilemário Alencar (Pros) usou a tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira (04) para informar que diante da decisão da prefeitura suspender a concorrência pública de concessão do transporte coletivo para readequação do edital de licitação, esteve no Ministério Público, acompanhado de representantes de vários segmentos organizados, onde pediu apoio ao promotor Roberto Turim para ajudar a convencer o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) a acatar uma série de propostas e apontamentos que foram levantadas em audiência pública realizada pela Câmara Municipal.

“Fomos ao Ministério Público pedir apoio no sentido de convencer o prefeito a aceitar que no edital de licitação exista a exigência que as empresas vencedoras do certame operem em Cuiabá com frota de ônibus 100% climatizada. Pedimos também o apoio para que o prefeito aceite diminuir o tempo da concessão de 30, para 15 anos, e que existam cláusulasnos contratos com as empresas de ônibus que garantam contínua renovação na frota, acessibilidade para pessoa idosa e com deficiência, aumento da tarifa atrelado a indicadores de melhorias e ônibus suficiente no horário de pico para evitar a superlotação e atrasos”, pontuou o vereador Dilemário.

Outro pedido de apoio ao representante do Ministério Público foi que no edital de licitação existam regras que permita habilitação para a concorrência pública apenas de empresas que comprovem idoneidade fiscal e atestado de histórico de bons serviços prestados na área do transporte coletivo. O atestado deve ser fornecido por prefeituras de municípios acima de 200 mil habitantes. A justificativa desse ponto foi que, caso não exista essa exigência, corre o sério risco de serem vencedoras as mesmas empresas que operam há anos em Cuiabá.

“Vamos também entregar as proposta ao Tribunal de Contas. E logo em seguida serão entregues ao prefeito. Penso as propostas sendo acatadas, certamente ajudarão para que haja garantia efetiva de transparência na concorrência pública da concessão, onde empresas com histórico de bons serviços prestados em outras cidades possam ser vencedoras do certame. Dessa forma a população de Cuiabá poderá ter melhorias na importante área do transporte coletivo”, disse vereador Dilemário.

Fonte: Folhamax